Acerca de mim

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...



sábado, 25 de novembro de 2017

BRAÇOS EXAUSTOS...



Braços Exaustos 

Abro os braços suspensos
Como velas de moinhos
Nas cumeadas dos montes
E já não tenho medo
Que os ventos diabólicos
Me levem para longe

Terei outros braços
Enleando as fantasias dos dias
Para me levarem apenas para poente
Onde o lume me espera
Na espuma vermelha do horizonte

Pelo caminho colherei o sol
Porque a sua distância
Ao meu chão plano
Será apenas a dum gesto
E as suas promessas
De estrela brilhante
Ficarão presas entre os meus dedos
Para encerrar a luz solar
E todas as tempestades
Entre os extremos dos meus braços alados
Que se fecham pouco a pouco

Fernando Reis Luís
(Monchique)

Fotografia - Moinho de vento- São Brás de Alportel

6 comentários:

  1. Belíssima partilha querida amiga ,gostei muito ,desejo-lhe um domingo muito feliz ,beijinhos felicidades

    ResponderEliminar
  2. Boa noite. Lindo, lindo.

    Bjos
    Noite feliz e bom final de semana.

    ResponderEliminar
  3. OBRIGADA AMIGA LARISSA.
    BOM DOMINGO BJOS

    ResponderEliminar
  4. Muito bom. Poesia livre muito bonita
    .
    { Não sei se a minha alma me é sincera }
    .
    Bom dia, votos de um domingo feliz.
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. AGIL ANTONIO.
      QDO NÃO FOR A SUA ALMA A DITAR A OPINIÃO,NÁO DITA,EU ENTENDO PERFEITAMENTE.EU GOSTO,EMBORA NÃO SEJA DOS MAIS GRITANTES!!BOA SEMANA E OBRIGADA

      Eliminar