Acerca de mim

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...

(Umberto Ec

EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sábado, 31 de março de 2012

SABEDORIA...

 
Imagem minha

Sabedoria 
 Desde que tudo me cansa,
Comecei eu a viver.
Comecei a viver sem esperança...
E venha a morte quando
Deus quiser.

Dantes, ou muito ou pouco,
Sempre esperara:
Às vezes, tanto, que o meu sonho louco
Voava das estrelas à mais rara;
Outras, tão pouco,
Que ninguém mais com tal se conformara.

Hoje, é que nada espero.
Para quê, esperar?
Sei que já nada é meu senão se o não tiver;
Se quero, é só enquanto apenas quero;
Só de longe, e secreto, é que inda posso amar. . .
E venha a morte quando Deus quiser.

Mas, com isto, que têm as estrelas?
Continuam brilhando, altas e belas.

José Régio, in 'Poemas de Deus e do Diabo'

quarta-feira, 28 de março de 2012

Ei! Sorria...

G.da Encarnação,Aveiro


 Ei! Sorria... Mas não se esconda atrás desse sorriso...
Mostre aquilo que você é, sem medo.
Existem pessoas que sonham com o seu sorriso, assim como eu.
Viva! Tente! A vida não passa de uma tentativa.
Ei! Ame acima de tudo, ame a tudo e a todos.
Não feche os olhos para a sujeira do mundo, não ignore a fome!
Esqueça a bomba, mas antes, faça algo para combatê-la, mesmo que se sinta incapaz.
Procure o que há de bom em tudo e em todos.
Não faça dos defeitos uma distancia, e sim, uma aproximação.
Aceite! A vida, as pessoas, faça delas a sua razão de viver.
Entenda! Entenda as pessoas que pensam diferente de você, não as reprove.
Ei! Olhe... Olhe a sua volta, quantos amigos...
Você já tornou alguém feliz hoje?
Ou fez alguém sofrer com o seu egoísmo?
Ei! Não corra. Para que tanta pressa? Corra apenas para dentro de você.
Sonhe! Mas não prejudique ninguém e não transforme seu sonho em fuga.
Acredite! Espere! Sempre haverá uma saída, sempre brilhará uma estrela.
Chore! Lute! Faça aquilo que gosta, sinta o que há dentro de você.
Ei! Ouça... Escute o que as outras pessoas têm a dizer, é importante.
Suba... faça dos obstáculos degraus para aquilo que você acha supremo,
Mas não esqueça daqueles que não conseguem subir a escada da vida.
Ei! Descubra! Descubra aquilo que há de bom dentro de você.
Procure acima de tudo ser gente, eu também vou tentar.
Ei! Você... não vá embora.
Eu preciso dizer-lhe que... te adoro, simplesmente porque você existe.
Charles Chaplin

segunda-feira, 26 de março de 2012

Minha Imagem.

Bate a luz no cimo...
 
Bate a luz no cimo
Da montanha, vê...
Sem querer eu cismo
Mas não sei em quê....

Não sei que perdi
Ou que não achei...
Vida que vivi,
Que mal eu a amei !...

Hoje quero tanto
Que o não posso ter,
De manhã há o pranto
E ao anoitecer...

Tomara eu ter jeito
Para ser feliz...
Como o mundo é estreito,
E o pouco que eu quis !

Vai morrendo a luz
No alto da montanha...
Como um rio a flux
A minha alma banha,

Mas não me acarinha,
Não me acalma nada...
Pobre criancinha
Perdida na estrada !... 
(Fernando Pessoa)

quarta-feira, 21 de março de 2012

Poema das Àrvores!

As árvores crescem sós.
E a sós florescem.
Começam por ser nada.
Pouco a pouco se levantam do chão,
se alteiam palmo a palmo.
Crescendo deitam ramos,
e os ramos outros ramos,
e deles nascem folhas, e as folhas multiplicam-se.
Depois, por entre as folhas, vão-se esboçando as flores,
e então crescem as flores, e as flores produzem frutos,
e os frutos dão sementes,
e as sementes preparam novas árvores.
E tudo sempre a sós, a sós consigo mesmas.
Sem verem, sem ouvirem, sem falarem.
Sós. De dia e de noite.
Sempre sós.

Os animais são outra coisa.
Contactam-se, penetram-se, trespassam-se,
fazem amor e ódio, e vão à vida
como se nada fosse.
As árvores não.
Solitárias, as árvores,
exauram terra e sol silenciosamente.
Não pensam, não suspiram, não se queixam.
Estendem os braços como se implorassem;
com o vento soltam ais como se suspirassem;
e gemem, mas a queixa não é sua.
Sós, sempre sós.
Nas planícies, nos montes, nas florestas,
a crescer e a florir sem consciência.
Virtude vegetal viver a sós
e entretanto dar flores.

[António Gedeão, Poema das árvores]



segunda-feira, 19 de março de 2012

Porque quem ama nunca sabe o que ama...

Não tenho ambições nem desejos
Ser poeta não é uma ambição minha!
É a minha maneira de
,estar sózinho.
Ou quando uma nuvem passa a mão por cima da luz
E corre um silêncio pela erva fora.

Porque quem ama nunca sabe o que ama
Nem sabe porque ama, nem sabe o que é amar...

Da minha aldeia vejo quanto da terra se pode ver do Universo...
Por isso a minha aldeia é tão grande como outra terra qualquer,
Porque eu sou do tamanho do que vejo
E não do tamanho da minha altura...

A mim ensinou-me tudo.
Ensinou-me a olhar para as coisas.
Aponta-me todas as coisas que há nas flores.
Mostra-me como as pedras são engraçadas
Quando a gente as tem na mão
E olha devagar para elas.

Fernado Pessoa

UMA BOA SEMANA

quinta-feira, 15 de março de 2012

Encontros e Desencontros!!

Imagem da Net
Encontros e desencontros…

A vida dá voltas e voltas , e tudo a sua volta,
aos poucos entra na dança.
Em cada passo e compasso , um acontecimento…
Aquele acontecimento , que profundamente, marca sua alma…
De forma boa ou ruim , sempre marca, inesquecível… Sempre…
Ele , ainda tímido, toma uma atitude e convida, para que seja sua dama…
Receosa , imersa em lembranças inesquecíveis, pensa e aceita…
Aposta a sua valsa naquela dança…
E eis que começa o baile…
Ele vem vestido de dia , e ela de noite…
Ele em seu paletó branco com detalhes dourados e reluzentes ,
segurando uma linda rosa vermelha , para ela…
Ela vem com seu vestido decotado longo e azul ,
repleto de detalhes brilhantes , segurando o sorriso, para que seja só dele…
Ambos impecáveis , um esperando o outro
Assim é a realidade , um baile diário, repleta de encontros e desencontros
Ela… Ainda espera por ele… E ele… Por ela…
Ambos esperam um pelo outro , até o dia do próximo baile, quando o destino permitir!!!
(A:D:)
 Um bom fim de semana.


quarta-feira, 14 de março de 2012

POETAS -


Imagem da Net!


 POETAS -

Ai as almas dos poetas
Não as entende ninguém;
São almas de violetas
Que são poetas também.

Andam perdidas na vida,
Como as estrelas no ar;
Sentem o vento gemer
Ouvem as rosas chorar!

Só quem embala no peito
Dores amargas e secretas
É que em noites de luar
Pode entender por poetas

E eu arrasto amarguras
Que nunca arrastou ninguém
Tenho alma para sentir
A dos poetas também!



 Florbela Espanca


(Dedicada a um amigo )

      



O Primeiro Vitinho da TV Portuguesa Vamos Dormir RTP 1972

domingo, 11 de março de 2012

QUASE!

Minha Imagem            


                                                                             

Quase

Um pouco mais de sol - eu era brasa,
Um pouco mais de azul - eu era além.
Para atingir, faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém...
Assombro ou paz? Em vão... Tudo esvaído
Num grande mar enganador de espuma;
E o grande sonho despertado em bruma,


O grande sonho - ó dor! - quase vivido...
Quase o amor, quase o triunfo e a chama,
Quase o princípio e o fim - quase a expansão...
Mas na minh'alma tudo se derrama...
Entanto nada foi só ilusão!
De tudo houve um começo... e tudo errou...
- Ai a dor de ser - quase, dor sem fim...
Eu falhei-me entre os mais, falhei em mim,
Asa que se enlaçou mas não voou...
Momentos de alma que, desbaratei...
Templos aonde nunca pus um altar...
Rios que perdi sem os levar ao mar...
Ânsias que foram mas que não fixei...
Se me vagueio, encontro só indícios...
Ogivas para o sol - vejo-as cerradas;
E mãos de herói, sem fé, acobardadas,
Puseram grades sobre os precipícios...
Num ímpeto difuso de quebranto,
Tudo encetei e nada possuí...
Hoje, de mim, só resta o desencanto
Das coisas que beijei mas não vivi...
Um pouco mais de sol - e fora brasa,
Um pouco mais de azul - e fora além.
Para atingir faltou-me um golpe de asa...
Se ao menos eu permanecesse aquém... 

Mário de Sá Carneiro

Tudo ou Nádia 18. Mr. Tarek Abdul Aziz

sábado, 10 de março de 2012

...Idolatria...

Minha Imagem!

Não chame o meu amor de Idolatria
Nem de Ídolo realce a quem eu amo,
Pois todo o meu cantar a um só se alia,
E de uma só maneira eu o proclamo.
É hoje e sempre o meu amor galante,
Inalterável, em grande excelência;
Por isso a minha rima é tão constante
A uma só coisa e exclui a diferença.
'Beleza, Bem, Verdade', eis o que exprimo;
'Beleza, Bem, Verdade', todo o acento;
E em tal mudança está tudo o que primo,
Em um, três temas, de amplo movimento.
'Beleza, Bem, Verdade' sós, outrora;
Num mesmo ser vivem juntos agora.  

UM BOM DOMINGO 

Somente ,um tango!


Paris Maria - Tarantella napolitana

quinta-feira, 8 de março de 2012

Mulher…
Que traz beleza e luz aos dias mais difíceis
Que divide sua alma em duas
Para carregar tamanha sensibilidade e força
Que ganha o mundo com sua coragem
Que traz paixão no olhar
Mulher,
Que luta pelos seus ideais,
Que dá a vida pela sua família
Mulher
Que ama incondicionalmente
Que se arruma, se perfuma
Que vence o cansaço
Mulher,
Que chora e que ri
Mulher que sonha…
Tantas Mulheres, belezas únicas, vivas,
Cheias de mistérios e encanto!
Mulheres que deveriam ser lembradas,
amadas, admiradas todos os dias…
Para você, Mulher tão especial…
Feliz Dia Internacional da Mulher! - d. a.

MULHER!!!

terça-feira, 6 de março de 2012

O SOL AQUECEU!

Imagem Minha.
O SOL AQUECEU
NUMA TARDE DE VERÃO,
A  UMA MESA SENTADOS
O NOSSO OLHAR SE ESCONDEU 
E, PARA SER ETERNIZADO,
UM ENORME ABRAÇO FOI DADO
DE TERNURA E  SEDUÇÃO.
O TEMPO PASSOU

...MAS...

AMBOS SABEMOS
QUE O NOSSO PENSAMENTO,
VOA...VOA...VOA...
SEMPRE NA MESMA DIRECÇÃO!
ALGURES,EM ALGUM LUGAR,
SABERÁS QUE ÉS TU,
O DONO DO MEU CORAÇÃO?

 
Betinha Correia

domingo, 4 de março de 2012

UM...DESABAFO...SERÁ?

ASSIM...MUITO A CORRER...DEIXO-VOS UM
POEMA DE UMA AMIGA
COM QUEM TIVE O GRATO PRAZER,
DE PASSAR UMA TARDE EM LISBOA.
UMA ÓPTIMA SEMANA
SUBLINHO,OBVIAMENTE!

                                                                     Sempre actual!!!