EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Meus Olhos Vêem Melhor se os Vou Fechando



Meus Olhos Vêem Melhor se os Vou FechandoMeus olhos vêem melhor se os vou fechando. 
Viram coisas de dia e foi em vão, 
mas quando durmo, em sonhos te fitando, 
são escura luz que luz na escuridão. 
Tu cuja sombra faz a sombra clara, 
como em forma de sombras assombravas 
ledo o claro dia em luz mais rara, 
se em sombra a olhos sem visão brilhavas! 
Que benção a meus olhos fora feita 
vendo-te à viva luz do dia bem, 
se a tua sombra em trevas imperfeita 
a olhos sem visão no sono vem! 
    Vejo os dias quais noites não te vendo, 
    e as noites dias claros sonhos tendo. 

William Shakespeare, in "Sonetos (43)"

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

AMOR É VIDA!!!!




Teus olhos têm uma cor
de uma expressão tão divina,
tão misteriosa e triste.
Como foi a minha sina!!!
É uma expressão de saudade
vagando num mar incerto.
Parecem negros de longe...
Parecem azuis de perto...
Mas nem negros nem azuis
são teus olhos meu amor...
Seriam da cor da mágoa,
se a mágoa tivesse cor.
Quando você encontra alguém especial
e se apaixona por essa pessoa,
você começa a construir um relacionamento
com os cuidados de quem constrói uma Maravilha.
Seus materiais básicos são constituídos de muito Amor,
Companheirismo e Dedicação.
Até que um dia algo terrível acontece,
jogando por terra toda sua construção.
É desalentador e faz mesmo pensar
que todo seu trabalho fora em vão.
Mas isso é ledo engano:
se construístes tudo realmente com beleza
e pureza de sentimento, restará ainda uma magnífica Amizade.
Assim como as mais majestosas construções da Humanidade
deixaram suntuosas ruínas das quais cuidamos e admiramos,
a Amizade fruto de um Amor de verdade, deve e merece ser preservada.
AD

sábado, 15 de novembro de 2014

PERDI OS MEUS FANTÁSTICOS CASTELOS!!!



Perdi os Meus Fantásticos CastelosPerdi meus fantásticos castelos 
Como névoa distante que se esfuma... 
Quis vencer, quis lutar, quis defendê-los: 
Quebrei as minhas lanças uma a uma! 

Perdi minhas galeras entre os gelos 
Que se afundaram sobre um mar de bruma... 
- Tantos escolhos! Quem podia vê-los? – 
Deitei-me ao mar e não salvei nenhuma! 

Perdi a minha taça, o meu anel, 
A minha cota de aço, o meu corcel, 
Perdi meu elmo de ouro e pedrarias... 

Sobem-me aos lábios súplicas estranhas... 
Sobre o meu coração pesam montanhas... 
Olho assombrada as minhas mãos vazias... 
Florbela Espanca, in "A Mensageira das Violetas" 

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

A FONTE!!!!

FONTE DE STº ANTONIO
SAO ROMAO SERRA DA ESTRELA
FOTOGRAFIA :JOSÉ FERREIRA

VAMOS Á FONTE BEBER AGUA PURA E FRESCA

DA NASCENTE DO MONDEGUINHO?

LEMBRAS-TE DO QUE FALAVAMOS
SEM SABER O QUE DIZER!!
OS NOSSOS  OLHOS INFANTIS
RIAM E CHORAVAM.


NÓS, SABÍAMOS QUE NOS SEPARAVAM.


POR ONDE ANDAS?


NUNCA MAIS FOSTE Á FONTE DE SANTO ANTONIO?


QUANDO VOLTEI,
NÃO TE ENCONTREI
UMA LÁGRIMA  NA FONTE FICOU!

CORRE MUITO E UM DIA,..
VAIS-ME ENCONTRAR
SENTADA A TE ESPERAR!!!


UM CONTO DE MENINA!


Elisabete Correia