Acerca de mim

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...

(Umberto Ec

EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Apenas Brisa -

  
Imagem de.S. M.Pompi
Apenas Brisa - Ana Viana


Sopra um vento entre mim e ti
nascido como todos
quando escavávamos dentro de nós
escavando a distância

foi já tempestade fechada em nevoeiro
hoje é apenas brisa
afrouxada na distância

recebo esse sopro suave como uma carícia
de quem ao largo me acena
enquanto parte

sempre entre nós um vento
ar com que te respiro
enquanto o longe nos escava
a distância

(Ana Viana, in Memórias do Desapego, Indícios de Oiro,

2 comentários:

  1. O longe pode não escavar a distância.
    Mas é um belo poema.
    Nunca li nada da autora.
    Escolheste uma belíssima foto.
    Beijo, querida amiga.

    ResponderEliminar
  2. Amigo Nilson:
    Respeito e aceito a tua opinião.
    A minha visão é um pouco diferente,por isso o transcrevi.
    Muito obrigada pela simpática visita
    Beijinho meu amigo

    ResponderEliminar