EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sábado, 22 de abril de 2017

PINTO O AZUL DO CÉU...


Pinto
Pinto o azul do céu
e nele espelho
a melancolia da tua alma.
Sei vibrar os acordes
da nostalgia e dos
tons amarelos do pôr do sol.
Saí pela manhã
da casa dos fantasmas
e despedacei a dor do desamor.
Gritarei bem alto
o som do solene
rompimento com o absurdo.
Tudo tem sentido
e meu coração
poisa, preguiçosamente,
no mar,no lago em frente
de casa,nos pássaros,
na primavera da nossa inquietação.
Não quero alardear soberba
mas incendiar o meu
peito com o calor do teu sexo.
Amanhã serei o rosto
da sofreguidão e da tua
alegria de viver.

1 comentário:

  1. Maravilhosa partilha querida amiga, um poema envolvente cheio de beleza, desejo-lhe um fim de semana cheio de felicidade beijinhos no coração

    ResponderEliminar