SOU EU PRÓPRIA!!!

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...

(Umberto Ec

EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sexta-feira, 30 de maio de 2014

CANÇÃO DA TERRA




Tudo aconteceu num certo dia
Hora de Ave Maria o universo vi gerar
No princípio o verbo se fez fogo
Nem atlas tinha o globo
Mas tinha nome o lugar
Era terra, terra

E fez, o criador, a natureza
Fez os campos e florestas
Fez os bichos, fez o mar
Fez por fim, então, a rebeldia
Que nos dá a garantia
Que nos leva a lutar
Pela terra, terra

Madre terra nossa esperança
Onde a vida dá seus frutos
O teu filho vem cantar
Ser e ter o sonho por inteiro
Ser sem-terra, ser guerreiro
Com a missão de semear
À terra, terra

Mas apesar de tudo isso
O latifúndio é feito um inço
Que precisa acabar
Romper as cercas da ignorância
Que produz a intolerância
Terra é de quem plantar
À terra, terra

Canção da Terra
O Teatro Mágico.

4 comentários:

  1. Lino poema que nos faz refletir como os senhores opulentos tratam a terra ,que ela seja simplesmente livre para quem a queira domar ,muitos beijinhos Betinha um feliz fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os srs opulentos,têm a barriga completa e pretendem arrasar,exactamente os que sobrevivem ás migalhas desses tais.
      muito obrigada amigo Emanuel.
      beijinho de B:F:S:

      Eliminar
  2. Um poema com grande significado.
    Gostei de ler, não conhecia.
    Tem um bom resto de domingo e uma boa semana.
    Beijo, querida amiga Betinha.

    ResponderEliminar
  3. Muito Obrigada meu doce amigo
    Uma óptima semana para ti tbm
    Beijo amigo Nilson

    ResponderEliminar