EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sexta-feira, 25 de abril de 2014

O TEU NOME...




De paixão e de música.
Louco relógio que canta
mortas horas antigas.

Eu pronuncio teu nome,
nesta noite escura,
e teu nome me soa
mais distante que nunca.
Mais distante que todas as estrelas
e mais dolente que a mansa chuva.

Amar-te-ei como então
alguma vez? Que culpa
tem meu coração?
Se a névoa se esfuma,
que outra paixão me espera?
Será tranqüila e pura?
Se meus dedos pudessem
desfolhar a lua!!

Tradução: William Agel de Melo

8 comentários:

  1. Nunca tinha lido nada do poeta, mas gostei muito deste poema.
    Foi uma boa escolha.
    Betinha, querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada amigo.
      Um bom f de semana
      Beijo

      Eliminar
  2. Um lindo poema querida Betinha sempre um enorme prazer ca estar ,muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Amigo Emanuel
    Muito obrigada pela sua, sempre constante passagem e k me dá muito gosto
    beijinhos e continuação de boa semana

    ResponderEliminar
  4. Tem um bom fim de semana, querida amiga Betinha.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  5. Obrigada Nilson.
    Beijinhos de fim de semana

    ResponderEliminar