EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

ESTE AMOR INFINITO E IMACULADO!!!





Este Amor Infinito e ImaculadoQuerida, o teu viver era um letargo, 
Nenhuma aspiração te atormentava; 
Afeita já do jugo ao duro cargo, 
Teu peito nem sequer desafogava. 
Fui eu que te apontei um mundo largo 
De novas sensações; teu peito ansiava 
Ouvindo-me contar entre caricias, 
Do livre e ardente amor tantas delicias! 

Não te mentia, não. Sentiste-o, filha, 
Esse amor infinito e imaculado, 
Estrela maga que incessante brilha 
Da alma pura ao casto amor sagrado; 
Afecto nobre que jamais partilha 
O coracão de vícios ulcerado. 
Não sentes, nem recordas, já sequer? 
Quem deste amor te despenhou, mulher ? 

Eu não! Se muitos crimes me desluzem, 
Se pôde transviar-me o seu encanto, 
Ao menos uma só não me recusem, 
Uma virtude só: amar-te tanto! 
Embora injúrias contra mim se cruzem, 
Cuspindo insultos neste amor tão santo, 
Diz tu quem fui, quem sou, e se é verdade 
O opróbrio aviltador da sociedade. 

Camilo Castelo Branco, in 'Poema dedicado a Ana Plácido (1857)'

4 comentários:

  1. Betinha um lindo poema num dia tao especial ,que seja vivido na verdadeira essência esse amor imaculado sem mancha de pecado ,muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Grande Camilo.
    Fizeste uma escolha poética muito boa.
    Betinha, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  3. FIZ DE ACORDO COM O DIA DE AMIZADE OU NAMORADOS(JÁ NAO ENTENDO,QUEM É QUEM!!)
    MEU QUERIDO AMIGO..UM BOM FIM DE SEMANA TBM PARA TI.
    BEIJINHO

    ResponderEliminar