Acerca de mim

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...

(Umberto Ec

EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

sábado, 20 de julho de 2013

ROSA SEM ESPINHOS.


Rosa sem espinhos

Vem,
traz a rosa sem espinhos nas mãos
para te deitares
na minha calma de linho.
Verás que as pedras são líquidas
e que delas
vão nascer peixes vermelhos
que crescem
com as nossas palavras de amor.

Vem,
traz a alma descrente na boca
para te converteres
na minha fome de ti consagrada.
Verás que a querença
te levará aos meus braços
e que deles
brotam convites suaves
que vão morrer
na praia dos nossos beijos de vida.

Vem,
traz o corpo sem freios na mente
para te deixares
invadir da minha loucura de amor.
Verás que as pedras deixam a carne
e que os peixes voam,
enquanto dos nossos beijos
nascem espasmos de luz
que vão transbordar de seiva e abrir
a tua rosa sem espinhos.


Poema: Nilson Barcelli © Julho 2013

6 comentários:

  1. Lindo Betinha ,muitos beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Obrigado pelo destaque que fizeste do meu poema.
    Betinha, querida amiga, tem um bom resto de domingo e uma semana ainda melhor.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. È sempre um prazer postar os teus poemas.
    Não o faço mais vezes por receio!
    Uma óptima semana
    beijinhos e obrigada

    ResponderEliminar