SOU EU PRÓPRIA!!!

A minha foto

..Se as flechas perfuram o corpo,

as palavras podem trespassar a alma...

(Umberto Ec

EU DIGO:

SERÃO SEMPRE BEM-VINDOS AO MEU ESPAÇO.
MUITO OBRIGADA PELA VOSSA VISITA

.

quarta-feira, 30 de março de 2011

PORTUGAL!!!!!

Quando foi implementada?
A Bandeira Nacional foi
implementada, após a instauração do regime republicano, através de um

decreto da Assembleia Constituinte datado de 19 de Junho de 1911,
substituindo a Bandeira da Monarquia Constitucional que vigorava até então.
Como é a Bandeira de
Portugal?
A Bandeira Nacionalde Portugal
é dividida verticalmente com duas cores fundamentais: verde escuro do lado
esquerdo (ocupando dois quintos) e encarnado do lado direito (ocupando três
quintos). Ao centro, sobre a união das duas cores, tem o Escudo das Armas
Nacionais, e a Esfera Armilar Manuelina, em amarelo e com contornos a negro.
O que significam as
cores da Bandeira Nacional?
O vermelho, é a cor da
força, do calor, da virilidade, da coragem e da alegria e faz lembrar o
sangue derramado pelos portugueses nas batalhas em que participaram.
O verde é a cor da
esperança e foi escolhida para consagrar a Revolta de 31 de Janeiro de 1891,
onde esta cor deu a vitória aos portugueses.
O branco, ao cento da
bandeira, é a cor de singeleza, de harmonia e de paz, e que assinala o ciclo
épico das nossas descobertas marítimas".
O que significam os
símbolos da Bandeira Nacional?
A esfera armilar manuelina,
que já fora adoptada como emblema pessoal de D. Manuel I, consagra a epopeia
marítima dos descobrimentos portugueses.
O escudo branco com as
quinas representa a bravura, tenacidade, diplomacia e audácia com que foi
efectuada a defesa na nacionalidade portuguesa.
As cinco Quinas, a azul
que estão no escudo, representam as primeiras batalhas na conquista do País
(os cinco reis mouros vencidos na Batalha
de Ourique por D. Afonso Henriques). Em cada uma das quinas estão cinco
pontos brancos que representam as chagas de Cristo que ajudou D. Afonso
Henriques a vencer esta batalha.
Os sete castelos
amarelos que estão na faixa carmezim que rodeia o escudo representam os
castelos tornados aos mouros por D. Afonso III.
Meus amigos...(as)
O meu País,está como um barco em ALTO- MAR...

Perdeu o rumo e os seus comandantes,nao sabem como orientã-lo.

A Todo o momento ele pode maufragar...
Se eu nao vos der noticias por estes dias,é porque nao tenho disposição para isso...
EU NAO SEI FAZER AO "FAZ DE CONTA"...

Sem comentários:

Enviar um comentário